17.12.21

Quadrinhos de Sexta

Jéssica Groke escreveu e desenhou uma história curta para o quinto número da Plaft

14.12.21

E o Fotolog Instagram da semana é...

Apple Collector: uma linda coleção de computadores antigos. Há uma certa preferência pela maçã, mas há máquinas de todo tipo.

Os cães que se foram

Desenvolvidas para auxiliarem os humanos em alguma tarefa, muitas raças de cachorro se tornam extintas quando as atividades para que foram criadas desaparecem ou quando elas simplesmente saem de moda.

7.12.21

E o Fotolog Instagram da semana é...

Cults.: um arquivo de modelos para você imprimir na impressora 3D mais próxima. Coisas úteis e coisas loucas. mas tudo muito legal.

30.11.21

Os premiados

A 63a edição do Jabuti já divulgou seus premiados. Como de costume, eu não conheço muitos dos premiados. Por outro lado, isso é bom para o eu-leitor, que tem um grande atalho na procura pelos livros mais interessantes escritos por brasileiros.

E o Fotolog Instagram da semana é...

Project Necropolis: ótimas fotos de memento mori como túmulos, lápides e cemitérios.

Sejamos modernos

Um texto muito esclarecedor sobre a Modernidade, seus inimigos à esquerda (pós-modernos) e à direita (pré-modernos), algumas propostas para defendermos seus valores e nos comprometermos novamente com eles. O texto é um pouco longo e sua parte final (as estratégias) me parecem simplistas, mas a leitura vale muito o esforço.

24.11.21

Saideira?

Em breve, teremos o prazer de ver um novo filme de Hayao Miyazaki, o homem que mais detesta a aposentadoria no mundo. Kimi-tachi wa Dō Ikiru ka (How Do You Live, sem título em português) já promete ser um Miyazaki clássico, com temas refexivos e animação feita a mão.

23.11.21

Superman para um novo século

Na virada do século, quatro roteiristas de quadrinhos se reuniram para reformular o Super-Homem para os anos vindouros no projeto Superman 2000. Grant Morrison, Mark Waid, Tom Peyer e Mark Millar não foram tão hábeis quanto poderiam ser ao navegar a politica interna da DC e o projeto acabou sendo desmontado e tendo suas partes aproveitadas em outras histórias.

A origem secreta dos super-heróis

Os corpos sobrehumanos dos super-heróis do cinema não são só resultado de alimentação otimizadae muitas horas com o personal trainer, mas do uso de esteróides, testosterona e hormônio do crescimento. Os corpos perfeitos dos atores são desejados por adultos e jovens, mas têm um custo alto tanto em dinheiro quanto para a saúde - e os efeitos negativos duram muito mais que o tempo de uso. Mas, se não fosse a possibilidade de calvície...

ET telefona nossa casa

O argumento de que nenhum sinal de vida extraterrestre foi encontrada em "todo esse tempo" (desde 1984) e por isso deveríamos desligar o SETI em favor de procurar sinais de qualquer tipo de vida é asinina. Primeiro, porque trinta e sete anos é muito pouco. Segundo, porque uma coisa não impede a outra. E, muito importante, o orçamento do programa é mínimo.

451oF

Eu tenho certeza que nunca na história da humanidade alguém destruiu livros sem julgar que estava fazendo a coisa certa. Sejam pais "conservadores" queimando livros para protegerem a inocência de seus filhos da homessexualidade ou censores indígenas promovendo a purificação pelas chamas com propósitos educacionais e enterrando as cinzas do racismo e da discriminação com apoio institucional, ambos são justificados por seus delírios morais.

E nenhum dos grupos parece se lembrar de como os que transformam bibliotecas em piras passam para história: como uns grandes canalhas.

20.11.21

Quadrinhos nacionais em festa

Foram divulgados ontem os vencedores do HQMIX 2021. Nas categorias mais observadas, Shiko (Carniça e a Blindagem Mística #01) e Ana Luiza Koehler (Beco do Rosário) venceram a de Melhor Desenhista, Rafael Calça (Jeremias – Alma) levou o troféu de Melhor Roteirista. Bilquis Evely (Supergirl, Woman of Tomorrow) ganhou Relevância Internaconal e Mayara & Annabelle: Hora Extra (vários autores) Publicação Independente Edição Única.

Num exemplo das categorias pouco distintas do HQMIX, Bife De Unicórnio (Gabriel Dantas) e Confinada (Leandro Assis e Triscila Oliveira) foram premiadas como Web Tira e Web Quadrinhos. Acho as duas muito merecedoras, mas qual a diferença entre uma e outra? Ambas as obras são publicadas na mesma plataforma. E, refletindo, Confinada tem mais características de tira (histórias com cliffhangers, personagens recorrentes, técnicas narrativas...) enquanto Bife de Unicórnio parece mais com um quadrinho (páginas mais elaboradas, uma indepencia maior entre os capítulos...)

Fome e infância no Brasil

A Morte deu uma acalmada, a Peste nem deixou gente em paz e a Fome está dando suas voltas entre a popululação. Só 26% das crianças fazem três refeições por dia (dados do Ministério da Saúde, obtidos pela Globo na marra). Aliás, o número só caiu do último ano do Governo Dilma (76% tinham três refeições) até hoje.

Obviamente, essa insegurança alimentar tem efeitos visíveis nas escolas públicas do país - e outros mais complexos do que imaginamos à primeira vista.

Aliás, "insegurança alimentar" é nome para antropólogo colocar em paper e político colocar em relatório, não para ser usado em jornalismo. Apesar dos detalhes, o certo é chamar as coisas pelo nome corrente na sociedade: fome.

19.11.21

Quadrinhos de Sexta

Embora eu não ache tão absurda a existência de bilionários quanto alguns, esse trecho de Billionaires: The Lives of the Rich and Powerful (Darryl Cunningham) exemplifica as muitas práticas terríveis praticadas na busca por mais bilhões.

18.11.21

Sociedade dificiente

Jan Grue - escritor e professor na Universidade de Oslo - reflete sobre as barreiras sólidas, sutis e o trabalho invisível que uma pessoa com deficiência encontra só para existir.

Crash , de leve

Outro dia eu falei de Crash, o filme de David Cronemberg, adaptado de um romance de JG Ballard. Hoje eu descobri, com certo atraso, que tem gente fazendo vídeos pornô em Teslas, usando o piloto automático um pouco além das especificações.

16.11.21

E o Fotolog Instagram da semana é...

Tony Hawk: apesar de dificuldades existenciais, o famoso campeão do vertical continua arrasando nas quatro rodinhas.

Novos probemas, soluções antigas?

Na história dos meios de comunicação eletrônicos, uma distinção logo apareceu: a entre meios de comunicação de massa (rádio e televisão) e meios de comunicação privados (telegráfo, telefon). Na Internet essa distinção aparentemente se desfaz, mas ela tem muito a informar sobre que tratamento a sociedade pode dar às redes sociais.

15.11.21

Sexo no bate-bate

Tem muito tempo que não vejo Crash - o de Cronemberg, baseado no romance JB Ballard - mas lembro claramente da estranheza de desconforto sexual que o filme me causou. Não fui o único.

12.11.21

Desastres climáticos: Quem lucra e quem se fode

Com o número já significantemente maior de desastres climáticos, diversas empresas têm surgido ou se expandido nos EUA para ajudar nos esforços de recuperação. Elas precisam de trabalhadores: uma mão de obra pouco qualificada, mal paga, exploradas e dispensável que se confronta constantemente com os efeitos do clima.